França implementa testes antigénicos nos aeroportos até ao fim do mês

16-10-2020 (11h44)

França vai implementar até ao final de Outubro a realização testes antigénicos para o SARS-CoV-2 nos aeroportos do país, disse hoje o ministro dos Transportes de França, Jean-Baptiste Djebbari.

“Vamos lançá-los nos aeroportos, principalmente nas partidas para destinos como Estados Unidos ou Itália, e nas chegadas dos países considerados vermelhos, de maneira que não tenhamos mais pessoas a voltarem destes países para território francês sem serem testadas", explicou o ministro ao canal CNews.

O objectivo, segundo o ministro, é “harmonizar através de testes antigénicos, especialmente na Europa, todos os protocolos de saúde que hoje são um pouco diferentes”.

Os principais actores do turismo, desde transporte aéreo a operadores turísticos, incluindo hotéis e restaurantes, pediram na quarta-feira ao Governo francês que estabeleça testes rápidos nos aeroportos para facilitar as viagens.

Na quinta-feira, 17 dos 27 países da União Europeia, assim como o Reino Unido, foram listados como vermelhos num novo mapa europeu sobre restrições de viagem divulgado pelo Centro Europeu para Prevenção e Controle de Doenças (ECDC).

Várias organizações europeias e mundiais de companhias aéreas, gestores aeroportuários e empresas do sector do turismo têm insistido na implementação de testes generalizados e coordenados como forma de reabertura das fronteiras e retoma dos voos em segurança (clique para ler: Aviação quer mais apoio financeiro directo para evitar “colapso sistémico” / Turismo europeu pede a Bruxelas testes coordenados para acabar com restrições de viagens divergentes).

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: Europa

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Vírus da covid-19 já infectou mais de 45 milhões de pessoas e matou quase 1,2 milhões

31-10-2020 (13h01)

O novo coronavírus infectou pelo menos 45.650.850 de pessoas em todo o mundo desde dezembro de 2019, quando foi diagnosticado o primeiro caso, quase 1,2 milhões delas faleceram por covid-19, segundo o balanço diário da agência France-Presse (AFP), citado pela Lusa.

EUA atingem novo máximo de infectados com covid-19 em 24 horas com 94.125

31-10-2020 (12h49)

Os Estados Unidos registaram 94.125 por covid-19 nas últimas 24 horas, que é um novo máximo diário, e ultrapassaram os nove milhões desde o início da pandemia, de acordo com a contagem independente da Universidade Johns Hopkins, citada pela Lusa.

Ocupação da capacidade hospitalar para covid-19 ultrapassou os 80%

30-10-2020 (15h50)

A ocupação de camas de enfermaria de doentes com covid-19 situa-se nos 84%, com 81% nas Unidade de Cuidados Intensivos, verificando-se no Norte uma maior pressão sobre os hospitais, segundo o secretário de Estado da Saúde.

Porto Santo integra Rede Mundial de Reservas da Biosfera da UNESCO

30-10-2020 (15h46)

A ilha de Porto Santo, no Arquipélago da Madeira, vai integrar a Rede Mundial de Reservas da Biosfera da UNESCO, elevando para 12 o número de reservas portuguesas inscritas neste programa.

KLM avisa que vão ser necessárias mais medidas de “rightsizing”

30-10-2020 (15h39)

É um eufemismo para dizer que mais medidas de redução de pessoal são necessárias, mas não deixa também de traduzir com clareza a gravidade da situação na KLM, uma das companhias de aviação mais bem sucedidas da Europa, apesar de não estar baseada num dos maiores mercados europeus.

Opinião e Análise