Governo dos Açores encerra serviços não-essenciais e concentra operação aérea em Ponta Delgada

16-03-2020 (16h17)

Contrato de ligações aéreas entre a Terceira e as outras ilhas está suspenso

O Governo dos Açores anunciou que vai encerrar todos os serviços públicos não-essenciais a partir de amanhã, terça-feira 17 de Março, e que a partir de hoje concentra a operação da Azores Airlines no arquipélago em Ponta Delgada.

Em conferência de imprensa em Ponta Delgada, Vasco Cordeiro anunciou o fecho "de todos os serviços públicos da administração regional directa e indirecta, incluindo institutos públicos e empresas públicas, com excepção" daqueles que são considerados essenciais.

Entre os referidos como essenciais estão os serviços de saúde e protecção civil, o processamento de prestações sociais, os matadouros e o desembarque e venda de pescado, os serviços inspectivos ou o fornecimento de energia eléctrica.

Com a confirmação de um caso positivo de Covid-19 na ilha Terceira, o Governo dos Açores, enquanto accionista do Grupo SATA, determinou ainda a concentração da actividade operacional da Azores Airlines - que opera de e para fora da região - no aeroporto de Ponta Delgada, na ilha de São Miguel.
Questionado sobre a operação da TAP e Ryanair na Terceira, Vasco Cordeiro sublinhou que há conversas com a autoridade de saúde pública e que "a seu tempo" serão conhecidos novos desenvolvimentos sobre a matéria.

O Governo dos Açores anunciou também a suspensão do contrato de ligações aéreas de "todas as ilhas dos Açores" para a Terceira "e desta para todas as outras ilhas" da região.

Estas medidas aplicadas à Azores Airlines e à Sata Air Açores - que opera no arquipélago - entram em vigor a partir das 18h locais de hoje (19h em Portugal continental).

São excepção as deslocações referentes a transportes de carga ou "casos de força maior, desde que devidamente autorizados pela Autoridade de Saúde Regional".

O executivo regional determinou ainda a manutenção de todos os serviços de apoio ao domicílio para pessoas mais fragilizadas, com verificação prévia do estado de saúde do utente e do seu agregado, bem como do prestador do serviço.

Foi também decidido prorrogar até 30 de Abril todos os prazos administrativos e certidões, certificados ou licenças que caduquem até 31 de Março.

Vasco Cordeiro valorizou o "comportamento pró-activo" que os municípios açorianos e as empresas têm tido, "activando os seus planos de contingência e acatando as recomendações que têm sido" emanadas pela autoridade de saúde.

O chefe do Governo dos Açores apelou, todavia, aos responsáveis de restaurantes, bares e cafés para "darem cumprimento às orientações das autoridades em matéria de horários de funcionamento e restrições" ao acesso aos estabelecimentos.

O governante apelou ainda aos açorianos para "não aderirem a rumores ou boatos" de redes sociais.

E concretizou: "Dou a minha palavra que, quer o Governo [Regional], quer a autoridade de saúde tiveram, têm e terão uma atitude de total e absoluta transparência, desde logo, sobre o número de casos suspeitos, o número de casos positivos e o seu desfecho".

O novo coronavírus responsável pela pandemia de Covid-19 foi detetado em Dezembro, na China, e já provocou mais de 6.400 mortos em todo o mundo.

O número de infectados ronda as 164 mil pessoas, com casos registados em pelo menos 141 países e territórios. Do total de infetados, mais de 75 mil recuperaram.

O número de infectados em Portugal pelo novo coronavírus subiu para 331, mais 86 do que os contabilizados no Domingo, segundo anunciou hoje a Direção-Geral da Saúde (DGS).

De acordo com o boletim sobre a situação epidemiológica em Portugal, divulgado hoje às 12h30, há 2.908 casos suspeitos, dos quais 374 aguardam resultado laboratorial.

(PressTUR com Agência Lusa)

Clique para ver mais: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Brussels programa voos para Lisboa, Faro e Porto em Junho

05-06-2020 (16h32)

A Brussels Airlines programou retomar os voos para vários destinos europeus a partir de Junho, incluindo Lisboa, Faro e Porto.

Açores estão desde hoje sem casos activos de covid-19

05-06-2020 (16h24)

Os Açores estão desde hoje sem casos activos de covid-19, com a recuperação, nas últimas 24 horas, da única doente que ainda estava infectada, informou a Autoridade de Saúde Regional.

Emirates anuncia extensão da rede para 29 cidades a partir de 15 de Junho

05-06-2020 (16h13)

A Emirates, maior companhia de aviação do mundo em transporte internacional de passageiros, anunciou que a partir de dia 15 vai ter voos para mais 16 cidades, entre as quais Manchester, Zurique, Viena, Amsterdão, Copenhaga e Dublin, na Europa.

Grupo Lufthansa planeia retomar 70% das rotas de longo curso até Setembro

05-06-2020 (16h08)

O Grupo Lufthansa planeia retomar até Setembro 70% das rotas de longo curso e 90% das rotas de curto e médio cursos que inicialmente tinha programado, entre as quais destaca Faro e Funchal.

Sonhando confia que a sua operação charter para Cuba vai ser “a mais bem sucedida este ano em Portugal”

05-06-2020 (15h27)

José Manuel Antunes, director-geral do operador Sonhando, está confiante que este ano, apesar do impacto da pandemia de Covid-19 nas viagens e turismo, não só vai conseguir realizar a operação charter para Cuba, como até diz ter a esperança de que será a operação de longo curso “mais bem sucedida este ano em Portugal”.

Opinião e Análise