Hi Fly entra na ‘corrida’ ao negócio de aviação do Thomas Cook

04-06-2019 (14h52)

Foto: Nils Nedel / Unsplash
Foto: Nils Nedel / Unsplash

A Hi Fly, companhia de aviação da família Mirpuri, sucessora da falida Air Luxor, é candidata à compra do negócio de aviação do Thomas Cook, segundo maior grupo de operação turística e agências de viagens, actualmente a batalhar pela sobrevivência.

A existência de uma candidatura da Hi Fly, em concorrência com Lufthansa, Virgin Atlantic, Indigo Partners e Triton Partners, neste caso apenas pela operação nos países nórdicos, foi avançada pelo “Mail on Sunday” e secundada pela agência Reuters, que diz, citando “uma fonte familiar com o assunto”, na segunda-feira, que a companhia da família Mirpuri apresentou uma proposta de compra.

A venda do negócio de aviação é a resposta do Thomas Cook à necessidade de reunir capital face a resultados decepcionantes (prejuízo de 183,2 milhões de euros no exercício terminado em Setembro), com três profit warnings (avisos de falhanço da previsão de resultados) em menos de um ano, que não permitem o serviço de uma dívida estimada em mais de mil milhões de libras.

A Thomas Cook foi, curiosamente, o primeiro cliente do A380 da Hi Fly, companhia especializada no negócio de ACMIs (do inglês para alugueres que incluem avião, tripulação, manutenção e seguros).

A sua antecessora, a Air Luxor, porém, também teve experiência num negócio semelhante ao das companhias de aviação do Thomas Cook, uma vez que também servia o operador turístico da família Mirpuri, a Air Luxor Tours.

Actualmente, a Hi Fly realiza alguns voos charters para operadores turísticos portugueses, designadamente os seus voos para o Nordeste do Brasil no réveillon, como voltará a acontecer este ano (clique para ler: Operadores portugueses já vendem charters para o Réveillon no Brasil).

 

Clique para mais notícias: Hi Fly

Clique para mais notícias: Thomas Cook

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Ryanair vai recomeçar 110 rotas de/para Portugal entre 21 de Junho e inícios de Agosto

28-05-2020 (15h30)

A Ryanair, maior low cost a operar em Portugal, já definiu a retoma de 110 rotas de/para aeroportos portugueses a partir de 21 de Junho, 49 das quais no Aeroporto do Porto, 31 em Faro, 26 em Lisboa e quatro nos Açores.

Primeiro-ministro cauciona ‘golpe’ na TAP

28-05-2020 (15h28)

O primeiro-ministro António Costa elogiou a posição assumida ontem pelo Conselho de Administração da TAP, caucionando assim a invasão por este órgão da área da gestão operacional da companhia, que devia ser competência exclusiva da comissão executiva presidida por Antonoaldo Neves.

Hoti Hotéis reabre nove hotéis a 5 de Junho

28-05-2020 (15h11)

O Grupo Hoti Hotéis, que tem 18 unidades hoteleiras em Portugal, anunciou que vai reabrir nove hotéis no dia 5 de Junho e tem previsto abrir mais dois até ao final de Junho.

Brasil somou mais de mil mortos e 20 mil infectados com o novo coronavírus em 24 horas

28-05-2020 (14h49)

O Brasil registou 1.086 mortes e 20.599 infectados pelo novo coronavírus nas últimas 24 horas, estando ainda a ser investigada a eventual relação de 4.108 óbitos com a covid-19, informou hoje o executivo.

Estados Unidos ultrapassaram as 100 mil mortes por covid-19

28-05-2020 (14h45)

Os Estados Unidos da América (EUA) ultrapassaram hoje as 100 mil mortes associadas ao novo coronavírus, número de óbitos que é significativamente superior ao de qualquer outro país, anunciou a Universidade Johns Hopkins, em Baltimore, Maryland.

Opinião e Análise