Macau anuncia voos para permitir a alunos universitários regressarem à Europa

07-08-2020 (13h31)

Foto: Unsplash / Element5 Digital
Foto: Unsplash / Element5 Digital

As autoridades de Macau anunciaram hoje a realização de cinco voos para a Europa a partir do aeroporto do território, para permitir o regresso dos estudantes inscritos em universidades no estrangeiro no próximo ano lectivo, incluindo portugueses.

"O Governo está preocupado com a aproximação do fim das férias de Verão e [com o facto] de os alunos que estudam no estrangeiro necessitarem de viajar para prosseguir os estudos", divulgaram as autoridades de Macau em comunicado.

Os cinco voos, com destino ao Reino Unido (Londres) e França, vão ser operados pela companhia aérea de Taiwan Eva Air, com escala na capital, Taipé, precisaram as autoridades na nota.

"À chegada, os alunos podem optar por viajar para Portugal e outros países e preparar-se para o início das aulas", pode ler-se na nota do executivo.

Os voos para Londres realizam-se nos dias 26 de Agosto e 9 e 23 de Setembro, segundo a mesma fonte. Além destes, estão previstos mais dois voos de Macau para França, via Taipé, nos dias 28 de Agosto e 4 de Setembro.

Na segunda-feira, o cônsul-geral de Portugal em Macau e Hong Kong, Paulo Cunha Alves, disse à Lusa que pelo menos duas dezenas de alunos portugueses no território aguardavam para saber como viajar para Portugal para frequentar estudos superiores, tendo alguns contactado o consulado com pedidos de informação.

O diplomata precisou nessa altura que era "difícil estimar" o total de alunos afectados pelas restrições às viagens impostas no território devido à pandemia de Covid-19.

De acordo com Paulo Cunha Alves, ao consulado chegaram "alguns pedidos de informação" de alunos, depois de as autoridades da Região Administrativa Especial de Macau [RAEM] anunciarem ser pouco provável que venha a ser reaberto um corredor marítimo com Hong Kong, de onde saem a maioria dos voos internacionais.

"Estamos em contacto com as autoridades da RAEM para as sensibilizar para o assunto, embora existam outras possibilidades, como seja o cumprimento da quarentena em Hong Kong antes de viajar para a Europa ou tentar efetuar ligações aéreas via Taipé ou Seul [capital da Coreia do Sul], a partir do aeroporto internacional de Macau", referiu ainda Paulo Cunha Alves.

Na quinta-feira, alguns pais de alunos finalistas da Escola Portuguesa de Macau estiveram reunidos com o cônsul, para solicitar ajuda na organização de um voo 'charter' para cerca de 40 alunos, segundo o jornal local Hoje Macau, com o diplomata a indicar que tal não seria viável, segundo a mesma fonte.
Macau foi dos primeiros territórios a identificar casos de infecção com a Covid-19, antes do final de Janeiro.

O território registou então uma primeira vaga de dez casos.

Seguiu-se outra de 35 casos a partir de Março, todos importados, uma situação associada ao regresso de residentes, muitos estudantes no ensino superior em países estrangeiros.

O último paciente diagnosticado com Covid-19, o 46.º no território desde que o surto começou, registou-se em 25 de Junho e recebeu alta hospitalar em 17 de Julho.

Desde o início de um plano que permite a marcação individual de testes de ácido nucleico, foram realizados 300 mil, anunciaram hoje as autoridades do território.

De acordo com a imprensa macaense, que cita o jornal de língua portuguesa Ponto Final, a directora do Turismo de Macau, Maria Helena de Senna Fernandes prevê que o número de chegadas de visitantes internacionais, que em 2019 representaram 7% dos 39,4 milhões de visitantes ao território, comece a recuperar em meados de 2021.

(PressTUR com Agência Lusa)

Clique para ver mais: Ásia & Pacífico

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Portugal contabiliza mais 854 pessoas infectadas com covid-19

01-10-2020 (15h39)

Portugal voltou ontem a contar mais de 800 novos casos de covid-19, com 854, e mais seis mortos com a doença, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Quebra de dormidas de turistas estrangeiros em Portugal atingiu 4,46 milhões

01-10-2020 (15h28)

O alojamento turístico português sofreu em Agosto uma quebra das dormidas de turistas residentes no estrangeiro em 72%, com quebras acima de 80% em sete dos 16 principais emissores, nomeadamente os de longo curso.

United e American Airlines vão despedir 32.000 trabalhadores

01-10-2020 (15h26)

A companhia aérea norte-americana United Airlines anunciou que vai despedir a partir de hoje 13.000 funcionários, poucas horas depois da American Airlines ter anunciado que iria dispensar 19.000.

Algarve teve mais turismo de portugueses em Agosto do que há um ano, apesar da pandemia

01-10-2020 (12h07)

O alojamento turístico do Algarve teve este Agosto mais 9% de dormidas de turistas residentes em Portugal, apesar dos tempos de pandemia, que provocou uma quebra dos estrangeiros em 67,5%.

Solférias promove nova app da Disneyland Paris para agentes de viagens

01-10-2020 (10h09)

O operador turístico Solférias está a promover a nova app da Disneyland Paris para agentes de viagens, destacando a informação actualizada e as sessões de formação a que podem aceder.

Opinião e Análise