Emirates prevê despedimento de 15% dos seus funcionários

13-07-2020 (16h52)

Imagem: Emirates
Imagem: Emirates

A Emirates, que já cortou 10% dos seus postos de trabalho, cerca de 6.000 funcionários, planeia despedir até 9.000 trabalhadores, que representam 15% do número de empregados antes da pandemia, afirmou o presidente da companhia aérea dos Emirados Árabes Unidos (EAU).

Tim Clark, presidente, anunciou que já cortou um décimo do pessoal da companhia aérea e afirmou à BBC que "provavelmente teremos que cortar mais alguns [empregos], provavelmente até uns 15%".

Antes do início da pandemia da covid-19, a companhia aérea contava com 60.000 funcionários e, em 31 de Maio, anunciou despedimentos, apesar de não especificar quantos seriam.

A Emirates era a única operadora a manter a sua equipa completa, enquanto as outras operadoras do Golfo Pérsico anunciavam planos de ajustamento.

A Etihad, com sede em Abu Dhabi, e a Qatar Airways, com sede em Doha, começaram a despedir depois de os países mais afectados pela pandemia fecharem o seu espaço aéreo, à medida que o novo coronavírus se propagava.

Segundo Tim Clark, a Emirates, propriedade de um fundo soberano do Dubai, "não estava tão mal como as outras” companhias aéreas e "estava a caminho de conseguir fazer um dos seus melhores anos" antes da pandemia.

(PressTUR com Agência Lusa)

Clique para ver mais: Aviação

Clique para ver mais: Médio Oriente

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Emirates adia retoma dos voos para o Porto para o Verão IATA de 2021

10-08-2020 (13h03)

A Emirates, maior companhia do mundo em tráfego internacional medido em RPK (passageiros x quilómetros voados), adiou o recomeço dos voos Dubai – Porto para o início do Verão IATA 2021, em finais de Março do próximo ano.

Qatar Airways mantém quatro voos/semana na rota Doha – Lisboa

05-08-2020 (15h46)

A Qatar Airways, uma das maiores companhias de aviação da região do Golfo, manteve em quatro voos por semana a frequência de voos na rota Doha – Lisboa no período de 1 de Setembro a 24 de Outubro.

Qatar Airways exige indemnização de 4,3 mil milhões a países responsáveis por bloqueio aéreo em 2017

22-07-2020 (14h38)

A Qatar Airways exigiu hoje uma indemnização de 5.000 milhões de dólares (4.300 milhões de euros) aos quatro países do Golfo (Arábia Saudita, Bahrein, Emirados Árabes Unidos e Egipto) que impuseram, em 2017, um bloqueio aéreo contra Doha.

Qatar Airways já tem à venda no seu website voos entre Doha e Lisboa

16-06-2020 (17h27)

A Qatar Airways já tem à venda no seu website os voos entre o seu hub em Doha, capital do Qatar, e Lisboa, com preços ida e volta desde 1.155 euros, de acordo com a pesquisa efectuada hoje pelo PressTUR, com saída de Portugal e 3 de Julho e regresso no dia 8.

Emirates anuncia extensão da rede para 29 cidades a partir de 15 de Junho

05-06-2020 (16h13)

A Emirates, maior companhia de aviação do mundo em transporte internacional de passageiros, anunciou que a partir de dia 15 vai ter voos para mais 16 cidades, entre as quais Manchester, Zurique, Viena, Amsterdão, Copenhaga e Dublin, na Europa.

Opinião e Análise