Israel impõe novas restrições a voos internacionais

25-09-2020 (14h49)

O Governo de Israel anunciou hoje novas restrições a voos para o estrangeiro, no âmbito de um reforço das medidas para travar a pandemia de covid-19.

A ministra dos Transportes, Miri Regev, indicou que o Aeroporto Internacional Ben Gurion de Telavive vai continuar aberto, mas que apenas os passageiros que tenham comprado bilhetes de avião antes das 11h00 TMG (12h00 em Lisboa) de hoje poderão partir para o estrangeiro.

Àquela hora, 14h00 em Israel, entram em vigor as novas medidas restrictivas anunciadas na quinta-feira pelo Governo para fazer face ao aumento contínuo do número de pessoas infectadas no país.

“À chegada ao aeroporto, deve ser apresentada uma referência que comprove a data de compra do bilhete (…) e um controlo de coronavírus negativo de acordo com as exigências do país de destino”, adiantou a ministra em comunicado.

Os israelitas serão autorizados a entrar em Israel “sem restrições”, precisou Regev, sem referir a situação dos trabalhadores estrangeiros ou das pessoas com estatuto de residente em Israel que até agora continuavam a poder entrar no país, ao contrário dos turistas.

A situação sanitária deteriorou-se em Israel, que se tornou o país com a maior taxa de contaminação do mundo nas últimas duas semanas, segundo os dados da agência France-Presse.

Face a este aumento do contágio, o Governo israelita voltou a impor na semana passada o confinamento em todo o país, durante “pelo menos três semanas”, e anunciou na quinta-feira um reforço das medidas que entram em vigor hoje às 14h00.

As sinagogas serão encerradas, excepto para as celebrações do Yom Kipur (Dia do Perdão, celebrado no Domingo à noite e na segunda-feira), apenas os sectores considerados “essenciais” poderão continuar a laborar e as manifestações e orações no exterior estão limitadas a 20 pessoas, que não poderão estar a mais de um quilómetro do seu domicílio.

Israel, com quase nove milhões de habitantes, já registou mais de 200.000 infectados com covid-19 desde o início da pandemia, incluindo 1.335 mortos.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: Covid-19

Clique para mais notícias: Médio Oriente

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Iberia vai ‘dar boleia’ à Qatar em mais oito rotas americanas

21-10-2020 (15h37)

A Qatar Airways, maior accionista do IAG, grupo a que pertencem a British Airways, a Iberia, a Vueling e a Aer Lingus, já tem ‘luz verde' das autoridades dos Estados Unidos para ter code-share com a Iberia em oito rotas da espanhola.

RIU abre este ano hotel no Dubai com 800 quartos e parque aquático

16-10-2020 (13h40)

A RIU Hotels & Resorts anunciou que vai abrir em Dezembro o seu 100º hotel, um resort de 4-estrelas no Dubai com 800 quartos e um parque aquático.

Emirates prevê para o próximo Verão ligar o Porto ao Dubai via Lisboa

02-10-2020 (15h37)

A Emirates, maior companhia do mundo em tráfego internacional em RPK (passageiros x quilómetros voados), prevê reduzir a operação de/para Portugal no próximo Verão, servindo o Porto via Lisboa em TAP e reduzindo as ligações à capital de duas para uma por dia.

Emirates retoma voos para Angola a 1 de Outubro

18-09-2020 (16h19)

A Emirates anunciou que vai retomar a rota Dubai – Luanda no dia 1 de Outubro, com um voo por semana.

Emirates adia retoma dos voos para o Porto para o Verão IATA de 2021

10-08-2020 (13h03)

A Emirates, maior companhia do mundo em tráfego internacional medido em RPK (passageiros x quilómetros voados), adiou o recomeço dos voos Dubai – Porto para o início do Verão IATA 2021, em finais de Março do próximo ano.

Opinião e Análise