Mortes por covid-19 no mundo já são quase 48 mil

02-04-2020 (14h35)

Foto: Sergi Kabrera / Unsplash
Foto: Sergi Kabrera / Unsplash

A pandemia de covid-19 matou quase 48 mil pessoas em todo o mundo desde que a doença surgiu em Dezembro na China, segundo um balanço da AFP às 11h00, a partir de dados oficiais.

De acordo com a agência de notícias francesa, morreram 47.993 pessoas e foram diagnosticadas mais de 944.030 com infecção pelo novo coronavírus, que provoca a doença covid-19.

O número de doentes curados eleva-se 182.700.

Itália, que registou a primeira morte ligada ao coronavírus no final de Fevereiro, é o país com o maior número de mortes, com 13.155 em 110.574 doentes infectados, 16.847 foram considerados curados.

Os países mais afectados, depois de Itália, são Espanha com 10.003 mortes e 110.238 doentes, os Estados Unidos com 5.137 mortes e 216.721 doentes, França com 4.032 mortes e 56.989 doentes e China continental, com 3.318 mortes e 81.589 doentes.

A China (excluindo os territórios de Hong Kong e Macau), onde a epidemia começou no final de Dezembro, teve um total de 81.589 doentes infectados (35 dos quais novos entre quarta-feir e hoje), 3.318 mortes (seis novas) e 76.408 doentes curados.

Também os Estados Unidos estão a ser bastante afetados pela pandemia tendo sido registadas oficialmente 216.721 infeções, 5.137 mortes e 8.672 curados.

Até às 19h00 de quarta-feira, a República Turca do Norte de Chipre (TRNC) anunciou as primeiras mortes relacionadas com o vírus.

A Europa totalizou até às 11h00 de hoje 34.574 mortes entre 508.577 doentes com covid-19, os Estados Unidos e o Canadá tiveram 5.248 mortes em 226.247 doentes, a Ásia teve 3.994 mortes em 111.877 doentes, o Médio Oriente teve 3.298 mortes em 62.809 doentes, a América Latina e Caraíbas tiveram 615 mortes em 22.157 doentes, África teve 237 mortes em 6.416 doentes e a Oceânia teve 27 mortes em 5.949 doentes.

A AFP alerta que o número de casos diagnosticados reflete apenas uma fração do número total de infeções, por que grande número de países está agora a testar apenas os casos que requerem atendimento hospitalar.

 

Clique para mais notícias: Coronavírus

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Director-geral da IATA alerta para ilusão de recuperação

03-06-2020 (17h41)

O director-geral da IATA, Alexandre de Juniac, realçou hoje a fragilidade da recuperação da aviação que alguns estudos começam a assinalar.

“TAP pode contar connosco para seguir em frente”, primeiro-ministro

03-06-2020 (17h30)

O primeiro-ministro, António Costa, deixou claro hoje no Parlamento as razões do apoio do Governo à TAP, realçando nomeadamente que “é essencial para o país” em várias vertentes, além de que “é mesmo a segunda maior exportadora” portuguesa.

KLM vai voar duas vezes por dia entre Lisboa e Amesterdão a partir de Julho

03-06-2020 (17h25)

A companhia de aviação KLM anunciou que a partir de Julho vai passar a voar entre Lisboa e Amesterdão-Schiphol duas vezes por dia, uma ligação que está a fazer diariamente desde 28 de Março.

Turkish Airlines retoma voos para 16 cidades europeias no dia 18 de Junho

03-06-2020 (17h14)

A Turkish Airlines vai retomar no dia 18 de Junho as ligações com 16 destinos em seis países europeus, designadamente Alemanha, Países Baixos, Áustria, Suíça, Suécia e Dinamarca, segundo a imprensa internacional.

Portugal negoceia “ponte aérea” com Reino Unido

03-06-2020 (16h42)

Portugal está em conversações com o Reino Unido para estabelecer uma "ponte aérea" que permita aos turistas britânicos evitar a quarentena imposta no regresso ao seu país, disse hoje o ministro dos Negócios Estrangeiros português.

Opinião e Análise