Noruega desaconselha todas as viagens para o exterior devido a aumento de casos

07-08-2020 (18h25)

Foto: Unsplash / Stephane Gestel
Foto: Unsplash / Stephane Gestel

Governo norueguês impõe quarentena de 10 dias aos visitantes que regressam de Portugal

O Governo norueguês desaconselhou hoje quaisquer viagens para o estrangeiro, inclusive para os destinos de onde é possível regressar sem fazer uma quarentena, devido ao aumento de casos Covid-19 em todo o continente europeu.

A Noruega divide o espaço económico europeu em países em risco (com mais de 20 contágios por 100.000 habitantes nas últimas duas semanas), que é o caso de Portugal, e sem risco (os restantes).

No caso dos primeiros, onde além de Portugal, estão incluídos a França, Espanha, Suíça, Roménia e algumas regiões da Suécia, é definida uma quarentena domiciliar obrigatória de 10 dias no regresso de viagens a esses países.

“É preciso pensar bem. Mesmo que se planeie viajar a um país verde [sem risco], rapidamente se pode tornar vermelho, antes da viagem ou enquanto estiver lá. A maioria dos países verdes tem mais infecções do que nós”, disse hoje em conferência de imprensa o ministro da Saúde norueguês, Bent Hoie.

A Noruega, que registou 9.503 contágios e 256 mortes por Covid-19, mantém uma baixa taxa de infecções e mortes por cada 100.000 habitantes, mas o número de contágios tem subido nas últimas semanas, principalmente devido a um surto detectado a bordo de um navio de cruzeiro e que se espalhou por várias zonas do país.

“O surto mostra como somos frágeis e com que facilidade esse vírus perigoso se espalha na nossa sociedade. Ele continua a ser contagioso na Noruega, mas o aumento que estamos a ver é preocupante”, prosseguiu.

Além disso, Hoie anunciou uma série de novas medidas restritivas, como a proibição de servir álcool depois da meia-noite, a partir de Sábado.

Também instou os noruegueses a trabalharem a partir de casa e, caso se tenham de deslocar, evitarem ao máximo utilizar os transportes públicos.

Viajantes de países de risco devem usar máscara no trajecto desde o aeroporto até à casa onde vão cumprir a quarentena, informou o Governo, que ainda não decidiu se vai recomendar que os noruegueses usem máscara nos horários de pico dos transportes públicos, como já fez a Dinamarca.

Os países nórdicos têm sido relutantes em tornar obrigatório o uso de máscaras e apenas a Islândia o fez, desde a semana passada, nos casos em que não seja possível manter a distância social de dois metros.

(PressTUR com Agência Lusa)

Clique para ver mais: Europa

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Marriott estreia marca Aloft no Japão

01-10-2020 (16h22)

A Marriott International abriu o primeiro hotel da sua marca Aloft no Japão, em Tóquio, uma unidade hoteleira com um design arrojado e cores brilhantes, num piscar de olho ao movimento cultural dos anos 1960 Miyuki-zoku.

Portugal contabiliza mais 854 pessoas infectadas com covid-19

01-10-2020 (15h39)

Portugal voltou ontem a contar mais de 800 novos casos de covid-19, com 854, e mais seis mortos com a doença, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Quebra de dormidas de turistas estrangeiros em Portugal atingiu 4,46 milhões

01-10-2020 (15h28)

O alojamento turístico português sofreu em Agosto uma quebra das dormidas de turistas residentes no estrangeiro em 72%, com quebras acima de 80% em sete dos 16 principais emissores, nomeadamente os de longo curso.

United e American Airlines vão despedir 32.000 trabalhadores

01-10-2020 (15h26)

A companhia aérea norte-americana United Airlines anunciou que vai despedir a partir de hoje 13.000 funcionários, poucas horas depois da American Airlines ter anunciado que iria dispensar 19.000.

Algarve teve mais turismo de portugueses em Agosto do que há um ano, apesar da pandemia

01-10-2020 (12h07)

O alojamento turístico do Algarve teve este Agosto mais 9% de dormidas de turistas residentes em Portugal, apesar dos tempos de pandemia, que provocou uma quebra dos estrangeiros em 67,5%.

Opinião e Análise