Pandemia tirou 1,43 milhões de passageiros aos voos Espanha-Portugal só no 3º trimestre

16-10-2020 (16h29)

Foto: Ross Parmly / Unsplash
Foto: Ross Parmly / Unsplash

Os voos entre Espanha e Portugal ficaram-se por 257 mil passageiros no Verão, menos de metade do que tiveram em qualquer um dos meses da época alta de 2019, em que superaram sempre os 540 mil, enquanto este ano o máximo foi 109,5 mil em Agosto.

Dados da AENA, gestora dos aeroportos espanhóis, consultados pelo PressTUR, mostram que nos meses de Julho a Setembro os aeroportos espanhóis tiveram sempre quedas de passageiros em voos de/para Portugal acima de 80%, com 89,7% logo em Julho, 80,9% em Agosto e 83,8% em Setembro.

A quebra média foi, assim, de 84,8%, que representa uma quebra de 1,43 milhões, com menos 518,6 mil em Julho, menos 463,5 mil em Agosto e menos 453,6 mil em Setembro.

Essas quebras compreenderam decréscimos de 85,2% ou 811,6 mil passageiros em Lisboa, 83% ou 548,6 mil no Porto, 95,9% ou 37,9 mil no Funchal, 93,9% ou 34,4 mil em Faro e 99,8% ou 3,6 mil em Ponta Delgada.

Por companhias, os dados da AENA apenas permitem concluir que a TAP teve uma queda média no terceiro trimestre acima do mercado, em 88,2%, que significou um decréscimo de praticamente 495 mil passageiros.

Nos nove meses de Janeiro a Agosto, a TAP soma 433,1 mil passageiros nos seus voos de/para aeroportos espanhóis, com uma quebra em 71,1% ou 1,06 milhões.

Assim, a quebra na TAP equivale a 35,4% da quebra total de passageiros em voos de todas as companhias entre os dois países ibéricos, que está em 70,2% ou três milhões, com um total transportado de 1,27 milhões, quando no período homólogo de 2019 atingia o total de 4,27 milhões.

 

Clique para mais notícias: Aeroportos espanhóis

Clique para mais notícias: TAP

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Vírus da covid-19 já infectou mais de 45 milhões de pessoas e matou quase 1,2 milhões

31-10-2020 (13h01)

O novo coronavírus infectou pelo menos 45.650.850 de pessoas em todo o mundo desde dezembro de 2019, quando foi diagnosticado o primeiro caso, quase 1,2 milhões delas faleceram por covid-19, segundo o balanço diário da agência France-Presse (AFP), citado pela Lusa.

EUA atingem novo máximo de infectados com covid-19 em 24 horas com 94.125

31-10-2020 (12h49)

Os Estados Unidos registaram 94.125 por covid-19 nas últimas 24 horas, que é um novo máximo diário, e ultrapassaram os nove milhões desde o início da pandemia, de acordo com a contagem independente da Universidade Johns Hopkins, citada pela Lusa.

Ocupação da capacidade hospitalar para covid-19 ultrapassou os 80%

30-10-2020 (15h50)

A ocupação de camas de enfermaria de doentes com covid-19 situa-se nos 84%, com 81% nas Unidade de Cuidados Intensivos, verificando-se no Norte uma maior pressão sobre os hospitais, segundo o secretário de Estado da Saúde.

Porto Santo integra Rede Mundial de Reservas da Biosfera da UNESCO

30-10-2020 (15h46)

A ilha de Porto Santo, no Arquipélago da Madeira, vai integrar a Rede Mundial de Reservas da Biosfera da UNESCO, elevando para 12 o número de reservas portuguesas inscritas neste programa.

KLM avisa que vão ser necessárias mais medidas de “rightsizing”

30-10-2020 (15h39)

É um eufemismo para dizer que mais medidas de redução de pessoal são necessárias, mas não deixa também de traduzir com clareza a gravidade da situação na KLM, uma das companhias de aviação mais bem sucedidas da Europa, apesar de não estar baseada num dos maiores mercados europeus.

Opinião e Análise