Açores prepara reactivação da promoção turística nos mercados dos EUA e Canadá para a Terceira

11-05-2021 (17h46)

Foto: www.azores.gov.pt/
Foto: www.azores.gov.pt/

O Governo açoriano, em parceria com a Associação de Turismo dos Açores, está a preparar o lançamento de concursos de promoção turística para reactivar os mercados dos Estados Unidos e Canadá para a ilha Terceira, anunciou o executivo regional.

"O Governo Regional dos Açores, em parceria com a Associação de Turismo dos Açores, está a preparar o lançamento de concursos de promoção turística que visam garantir fluxos turísticos para os Açores dos mercados turísticos dos Estados Unidos da América e do Canadá", lê-se num comunicado divulgado na segunda-feira, dia 10, pelo executivo açoriano, citado pela agência Lusa.

Segundo o Governo Regional, as acções previstas são já para o Inverno 2021-22 para a ilha Terceira, que "historicamente tem demonstrado uma grande atractividade para turistas provenientes destes mercados, quer pela sua componente de oferta cultural e gastronómica", como "pelas diversas actividades de animação turística ao ar livre e no mar" e pelo clima ameno nessa altura do ano.

O executivo regional lembra que "o cliente destes mercados é, geralmente, de um segmento socioeconómico que distribui valor adicional na economia dos Açores, pelo que importa relevar e potenciar em termos de captação futura de fluxos turísticos".

Os mercados dos Estados Unidos da América e do Canadá, acrescenta, "são estratégicos para o destino Açores" e, nos últimos anos, "à excepção do período da pandemia" de covid-19, tiveram "um comportamento muito positivo e relevante".

Caso não tivesse ocorrido a pandemia de covid-19, na ilha Terceira, por exemplo, "em 2020 estimava-se uma procura da América do Norte de cerca de 63 mil dormidas, das quais 36 mil dos Estados Unidos [Boston] e 27.000 do Canadá [Toronto]", refere o executivo açoriano na nota.

Ainda de acordo com o executivo, em 2019, os Estados Unidos da América "posicionaram-se em segundo lugar no ranking dos mercados emissores internacionais para os Açores, com cerca de 290 mil dormidas", enquanto o Canadá posicionou-se "em sexto lugar, com cerca de 101 mil dormidas".

"A oferta de voos directos de Boston e de Toronto para os Açores, quer para Ponta Delgada quer para a Terceira, oferecidos pela Azores Airlines, aliada à forte estratégia de promoção, têm permitido o crescimento inequívoco de dormidas nos últimos anos", acrescenta o comunicado.

 

Clique para ver mais: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Incidência de SARS-CoV-2 supera 120 casos por 100 mil habitantes em Portugal

23-06-2021 (15h37)

A incidência da infeção com o coronavírus SARS-CoV-2 subiu para 129,6 casos por 100.000 habitantes em Portugal Continental e para 128,6 em todo o território português, revelam dados oficiais.

Ministra da Saúde aponta para continuação das restrições em Lisboa

23-06-2021 (15h29)

A ministra da Saúde, Marta Temido, disse hoje que a situação epidemiológica da covid-19 na região de Lisboa e Vale do Tejo deve traduzir-se na continuidade da aplicação das medidas de restrição em vigor.

Portugal regista maior aumento diário de casos de covid-19 desde Fevereiro

23-06-2021 (14h29)

Portugal somou ontem mais 1.497 pessoas infectadas com o novo coronavírus, o maior aumento diário de doentes com covid-19 desde 24 de Fevereiro, embora ainda longe da evolução diária de Janeiro, segundo os dados da Direção-Geral da Saúde (DGS).

Madeira prolonga exigência de teste PCR à entrada por mais um mês

23-06-2021 (13h45)

A Madeira prolongou por mais um mês a exigência de teste PCR negativo para covid-19 à entrada nos portos e aeroportos da região autónoma para viajantes oriundos do exterior, disse hoje o presidente do executivo regional.

Ryanair anuncia nova rota Faro – Teesside para este Verão

23-06-2021 (13h13)

A Ryanair anunciou uma nova rota para este Verão entre Faro e Teesside, no Norte de Inglaterra, que se junta às novas ligações já anunciadas entre o Algarve e Belfast City e entre Lisboa e Colónia, confirmadas hoje em Lisboa por Michael O'Leary, CEO do Grupo.

Opinião e Análise