AHETA prevê que a hotelaria do Algarve esteja apenas a 76% no ‘pico’ do Verão

20-05-2020 (17h18)

Gráfico: AHETA
Gráfico: AHETA

A AHETA avançou hoje a previsão que a hotelaria do Algarve, actualmente a 11,6% da sua capacidade em número de camas, em pleno ‘pico' do Verão, nos meses de Julho e Agosto, chegará aos 76%.

"Neste momento, cerca de 60% da oferta prevê reabrir durante o mês de Junho, e 12% no mês de Julho", refere a informação publicada pela AHETA.

A Associação acrescenta ainda que "cerca de 25% da oferta não tem data prevista de reabertura, ou essa data é posterior a Setembro deste ano".

 

Clique para mais notícias: AHETA

Clique para mais notícias: Hotelaria

Clique para mais notícias: Algarve

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Associação vai criar rota gastronómica para valorizar queijos da região Centro

13-08-2020 (16h17)

A Associação do Cluster Agroindustrial do Centro (InovCluster) vai criar uma rota turística e gastronómica para valorizar e promover aquele produto regional, nomeadamente as marcas "Beira Baixa", "Serra da Estrela" e "Rabaçal".

ATA investe em campanha publicitária no Reino Unido

12-08-2020 (17h38)

A Associação Turismo do Algarve (ATA) vai reforçar a mensagem de que a região é um destino seguro junto do Reino Unido, através de uma campanha publicitária que será emitida na estação de televisão Channel 5, foi hoje anunciado.

Cascais cria conjunto de medidas de apoio ao turismo local

10-08-2020 (16h19)

A Câmara Municipal de Cascais, no distrito de Lisboa, vai apoiar o turismo local com "isenção ou suspensão de taxas" no sector e realizar testes à Covid-19 aos funcionários de hotéis e alojamentos locais, anunciou hoje o município.

Emirates adia retoma dos voos para o Porto para o Verão IATA de 2021

10-08-2020 (13h03)

A Emirates, maior companhia do mundo em tráfego internacional medido em RPK (passageiros x quilómetros voados), adiou o recomeço dos voos Dubai – Porto para o início do Verão IATA 2021, em finais de Março do próximo ano.

Revive lança concurso para recuperação do Mosteiro de Santo André de Rendufe para turismo

08-08-2020 (08h48)

O Governo anunciou ontem a abertura de concurso para a concessão por 50 anos do Mosteiro de Santo André de Rendufe, em Amares, Braga, no âmbito do programa Revive, pelo qual já foram concessionados 16 imóveis, com cerca de 135,5 milhões de euros de investimento na sua recuperação e rendas anuais na ordem dos 4,4 milhões de euros.

Opinião e Análise