Banco de Portugal sublinha repetidamente o especial impacto da pandemia no turismo

26-03-2020 (15h19)

“A importância do setor do turismo na atividade económica em Portugal implica uma elevada exposição à redução esperada da procura global deste tipo de serviços, que será muito significativa”, realça o Boletim Económico do Banco de Portugal publicado hoje e no qual repetidamente assina o especial impacto da pandemia de covid-19 no turismo.

“O facto de a pandemia ser sincronizada e generalizada a um grande número de países tenderá a acentuar a queda da atividade económica, por via do colapso nos fluxos de comércio mundiais, com destaque para o turismo”, explica o banco central, que refere que a sua análise considera “um conjunto de choques”, de que assinala “choques negativos sobre o consumo privado na generalidade das economias, que captam o efeito da pandemia via menor rendimento e maior incerteza, bem como o impacto directo sobre despesas em serviços, em particular, em turismo, transportes e serviços recreativos e culturais”.

O realce ao impacto no turismo é também apontado pelo Banco de Portugal ao prever que “o comércio mundial reduz-se significativamente em 2020 (-10,3%)” que diz reflectir “um choque que afecta desproporcionalmente os fluxos internacionais de bens e serviços (nestes últimos, destacam-se o turismo e os transportes)”.

O banco central explicita, aliás, que “a importância do sector do turismo na atividade económica em Portugal implica uma elevada exposição à redução esperada da procura global deste tipo de serviços, que será muito significativa”.

E relativamente ao turismo internacional, a perspectiva do banco central uma vez mais insiste que turismo e transportes terão as suas exportações “fortemente afetadas pelas limitações à movimentação de pessoas e deverão registar uma queda acentuada”, sem quantificar.

O banco central acrescenta que dessa forma “o excedente da balança de serviços reduz-se, reflectindo o impacto particularmente negativo do choque sobre os fluxos de turismo”.

O Banco de Portugal indica que antecipa “um abrandamento significativo dos preços dos serviços relacionados com o turismo” e assinala que, “em termos conjunturais, a crise despoletada pela propagação do vírus Covid-19 tem impactos diretos sobre o turismo e perturba o comércio de bens, assente em cadeias de valor globais”.

Para ler mais clique:

Banco de Portugal prevê queda do PIB entre 3,7% e 5,7% este ano

 

Clique para mais notícias: Banco de Portugal

Clique para mais notícias: Portugal

Clique para mais notícias: Coronavírus

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Primeiro-ministro alerta que Portugal pode atingir os mil novos casos diários de covid-19 na próxima semana

18-09-2020 (17h16)

O primeiro-ministro afirmou hoje que Portugal está a acompanhar a tendência europeia de aumento de infetados com o novo coronavírus e advertiu que, se essa evolução se mantiver, poderá atingir os mil novos casos diários de covid-19 na próxima semana.

Postos de turismo da Eurocidade Chaves-Verin somaram 13 mil visitas em Agosto

18-09-2020 (17h10)

A rede de postos de turismo da Eurocidade Chaves-Verín somou cerca de 13 mil visitas em Agosto, sendo portugueses 85% dos turistas que visitaram os postos na cidade de Chaves.

Gastos turísticos dos portugueses caem menos que as receitas turísticas em Julho

18-09-2020 (16h54)

Portugal teve em Julho uma quebra do excedente da balança turística em 74,8%, pela queda das receitas turísticas (gastos de turistas estrangeiros no país) em 65,9% ampliada por uma quebra menor dos gastos dos portugueses em turismo no estrangeiro, que baixaram 41,8%.

França subiu este Julho a maior emissor para Portugal com 22% das receitas turísticas

18-09-2020 (16h52)

Os turistas residentes em França foram os que mais despenderam em Portugal em Julho deste ano, com o montante de 173,25 milhões de euros, que equivale a 22% do total de receitas turísticas portuguesas neste mês.

Presidente da Turismo do Porto e Norte eleito com 98% dos votos para a ATP

18-09-2020 (16h12)

O presidente da Turismo do Porto e Norte de Portugal, Luís Pedro Martins, foi eleito com 98% dos votos para presidente da Associação de Turismo do Porto, indo acumular ambos os cargos, confirmou o próprio à Lusa.

Opinião e Análise