Exportações portuguesas de turismo estagnaram em Julho

20-09-2019 (15h28)

Apesar de Portugal ter contabilizado em Julho mais quase cem mil turistas residentes no estrangeiro (+5,8%), segundo o INE, os seus gastos no país, contabilizados como exportações de turismo pelo Banco de Portugal, tiveram uma quase estagnação.

Os dados da Balança de Pagamentos divulgados pelo banco central indicam um aumento dos gastos de turistas residentes no estrangeiro em apenas 0,5%, que ainda assim foi a 42ª subida homóloga mensal consecutiva.

A informação do Banco de Portugal indica que os gastos de turistas estrangeiros no país ascenderam em Julho a 2.021,05 milhões de euros, que é um novo recorde para o mês de Julho, que contabilizou pela primeira vez mais de 2.000 milhões de euros em 2018, com 2.011,34 milhões.

Ainda assim, o PressTUR concluiu que foi a variação homóloga mensal mais fraca desde Janeiro de 2016, no qual registou a última queda homóloga mensal, em 1,5%.

O abrandamento da taxa de crescimento é uma característica dos meses de ‘pico’ de gastos, porque é mais complicado ter aumentos quando os valores já estão mais elevados.

E é o que se está a verificar desde Julho de 2018, com as receitas turísticas portuguesas a não voltarem a crescimentos a dois dígitos como até ao primeiro trimestre de 2018, com uma única excepção dos +11,8% do mês de Abril, que beneficiou de ser o mês de ‘pico’ das viagens da Páscoa e estar a comparar com um mês que o não foi.

Ainda assim, os gastos de turistas estrangeiros em Portugal aumentaram 9,71 milhões de euros em Julho e no conjunto dos primeiros sete meses deste ano estão 457,18 milhões (+5,1%) acima do montante do período homólogo de 2018, em 9.370,27 milhões, que é um novo recorde para este período do ano.

 

Clique para mais notícias: Balança portuguesa das Viagens e Turismo

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

TAP marca passo apesar de “interesse público”

10-07-2020 (15h34)

Uma semana depois de o Governo anunciar mudanças de fundo da TAP, entre elas a do CEO da companhia, inerentes ao reforço da sua posição para mais de 70% do capital, ainda nada mudou e é Antonoaldo Neves que continua a comandar a transportadora aérea.

SATA faz balanço "muito positivo" da retoma gradual das operações

10-07-2020 (15h25)

A SATA anunciou que a taxa de ocupação média dos seus voos “rondou os 40%” em Junho, fazendo assim um balanço "muito positivo" da retoma gradual das operações, que estiveram suspensas devido à pandemia da covid-19.

Bestravel leva agentes de viagens à Madeira para “transmitir confiança aos clientes”

10-07-2020 (14h49)

A Bestravel organizou uma viagem à Madeira com dez agentes de viagens para experienciarem “todo o processo que este novo normal implica” e “transmitir confiança aos clientes”.

Portugal “não foi escolhido por acaso” para receber a final da Champions, OMS

10-07-2020 (11h36)

Portugal "não foi escolhido por acaso" para acolher a final da Liga dos Campeões de futebol, mas porque "foi um dos países que melhor lidou" com a covid-19, afirmou um conselheiro da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Turismo aspira a “sobreviver” para “iniciar a recuperação” em 2021, OMT

10-07-2020 (09h54)

O sector do turismo aspira a "sobreviver" para "iniciar a recuperação" em 2021, afirmou Alessandra Priante, directora da Comissão Regional da Europa da Organização Mundial do Turismo (OMT), que prevê uma quebra de pelo menos 70% no turismo internacional face a 2019.

Opinião e Análise