França subiu este Julho a maior emissor para Portugal com 22% das receitas turísticas

18-09-2020 (16h52)

Os turistas residentes em França foram os que mais despenderam em Portugal em Julho deste ano, com o montante de 173,25 milhões de euros, que equivale a 22% do total de receitas turísticas portuguesas neste mês.

França ultrapassou assim o Reino Unido, que foi o primeiro emissor em Julho de 2019, com o montante de 408,04 milhões de euros, de acordo com os dados actualmente disponíveis no Banco de Portugal, mais 117,50 milhões que França, que foi o segundo maior emissor.

A informação recolhida pelo PressTUR indica que enquanto os gastos de turistas residentes em França baixou este Julho 40,4% ou 117,29 milhões relativamente ao mês homólogo de 2019, no caso dos residentes no Reino Unido a quebra foi de 74,2% ou 302,8 milhões de euros.

E assim, não só França subiu a primeiro emissor para Portugal, como também Espanha ultrapassou o Reino Unido, com os seus residentes a contribuírem com 115,42 milhões de euros para as receitas turísticas portuguesas.

Espanha foi a origem, pois, de 14,7% das receitas turísticas portuguesas em Julho, à frente do Reino Unido, com 13,4%, e Alemanha, com 12,3%, cujos residentes despenderam 96,97 milhões de euros em Portugal.

A informação recolhida pelo PressTUR mostra que entre os maiores emissores para Portugal, o efeito pandemia de covid-19 fez-se sentir com mais intensidade entre os britânicos (-74,2%), seguindo-se os alemães (-58%), espanhóis (-54,6%) e franceses (-40,4%).

Mas as quebras maiores foram de facto nos turistas de longo curso, com os decréscimos de gastos de residentes no Estados Unidos e no Brasil a atingirem 84,9% e 86,5%, respectivamente.

Os dados do Banco de Portugal consultados pelo PressTUR permitiram concluir que em Julho os emissores europeus foram a origem de 89,3% das receitas turísticas portuguesas, com os países da Zona Euro a somarem 66,7%.

Os emissores do continente americano, que tinham representado 13,2% das receitas em Julho de 2019 no mês homólogo deste ano ficaram em 5,4%, com os gastos de turistas residentes no Brasil a baixarem 79,04 milhões, para 12,37 milhões, e no caso dos residentes dos EUA a baixarem 130,38 milhões, para 23,18 milhões.

Depois de França, Espanha, Reino Unido e Alemanha, os maiores emissores para Portugal este Julho foram a Suíça, com 46,82 milhões de euros, Países Baixos, com 41,63 milhões, Bélgica, com 35,65 milhões, e Irlanda, com 23,61 milhões.

 

Clique para mais notícias: Balança portuguesa das Viagens e Turismo

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

IATA reclama acção dos governos para evitar “iminente catástrofe” económica e desemprego

27-10-2020 (17h04)

A IATA, associação internacional de companhias de aviação, reclamou hoje dos governos "acção firme" para evitar uma "catástrofe" iminente com quebra da actividade económica em 1,8 biliões de dólares e perda de 46 milhões de empregos.

Wizz Air vai voar de Doncaster Sheffield para Lisboa e Faro a partir de Dezembro

27-10-2020 (16h57)

A Wizz Air, que inaugurou na semana passada uma base em Doncaster Sheffield, no Reino Unido, vai reforçar em Dezembro a sua oferta de voos a partir desse aeroporto britânico com ligações a Lisboa e Faro.

Hilton escolhe o Porto para estrear a marca Tapestry Collection em Portugal

27-10-2020 (11h35)

A Hilton vai estrear a sua marca de hotéis de luxo Tapestry Collection em Portugal no início do próximo Verão, com o Sé Catedral Hotel Porto, uma unidade com 77 quartos, bar e restaurante.

Passageiros de cruzeiros terão que fazer teste à chegada à Madeira e aguardar resultado em confinamento

27-10-2020 (11h15)

Os passageiros dos navios de cruzeiro cujo destino final seja a Madeira terão de efectuar teste à covid-19 e aguardar o resultado em confinamento num hotel requisitado pelo Governo Regional, indicou hoje a Administração dos Portos da região.

Turismo de Lisboa lança call center de informação turística

27-10-2020 (11h14)

A Associação Turismo de Lisboa lançou um novo call center para disponibilizar a visitantes portugueses e estrangeiros informação turística e cultural sobre o destino, bem como reservar espectáculos, hotéis e restaurantes.

Ultimas Noticias

Opinião e Análise