Governo dos Açores fixa cercas sanitárias nos seis concelhos de São Miguel

02-04-2020 (19h52)

Foto: Visit Azores
Foto: Visit Azores

O Governo dos Açores decidiu fixar cercas sanitárias nos seis concelhos da ilha de São Miguel, no âmbito das medidas para travar a pandemia de covid-19 na região, anunciou hoje o líder do executivo, que frisou que ficam interditadas as deslocações entre concelhos a partir das 00h00 de amanhã, sexta-feira, e as 00h00 de dia 17.

“Estas medidas aqui anunciadas pretendem salvaguardar a saúde pública, concretamente na ilha de São Miguel, mas só surtirão efeito se todos nós as cumprirmos escrupulosamente”, acrescentou.

Em conferência de imprensa em Ponta Delgada, o chefe do executivo açoriano (PS) sublinhou que, após os resultados laboratoriais mais recentes, a Autoridade de Saúde Regional considera que a ilha de São Miguel “se encontra em situação epidemiológica potencial de transmissão comunitária activa, com elevado risco de cadeias de transmissão em todos os concelhos da ilha".

São Miguel é formada pelos concelhos de Ponta Delgada, Ribeira Grande, Lagoa, Vila Franca do Campo, Povoação e Nordeste.

O Governo dos Açores determinou também o encerramento do atendimento ao público em todos os serviços públicos, da administração regional e local, de estabelecimentos comerciais, industriais e serviços, na ilha de São Miguel.

Algumas das excepções previstas na resolução aprovada pelo Governo Regional prendem-se com o abastecimento de bens essenciais à população da ilha e a manutenção da atividade de sectores tidos por fundamentais para esse objetivo, como a pecuária ou as pescas.

Estas medidas, admite Vasco Cordeiro, “por si só, não são o garante que será possível evitar a transmissão activa comunitária do novo coronavírus” em São Miguel.

Questionado sobre se a ilha poderia caminhar para o estado de calamidade, o governante declarou: "Não é de excluir a possibilidade de chegarmos a esse patamar, mas não é nesse patamar que nos encontramos neste momento".

O Governo dos Açores, acrescentou, será “absolutamente implacável” com as pessoas ou entidades que não cumpram as regras em vigor e remeteu “para as entidades judiciais competentes todas as situações de incumprimento que vierem a ser detectadas”.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: Açores

Clique para mais notícias: Coronavírus

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

LAM adia retoma dos voos entre Maputo e Lisboa

22-05-2020 (16h34)

A companhia de aviação LAM – Linhas Aéreas de Moçambique  adiou a retoma dos voos entre Maputo e Lisboa operados pela Hi Fly da família Mirpuri, que tinha previsto para o dia 2 de Junho, de Lisboa, para 2 de Julho, mas só tem disponíveis reservas a partir de 2 de Agosto.

Aegean planeia retomar operação em Portugal em meados de Junho

22-05-2020 (16h06)

A companhia aérea grega Aegean Airlines planeia voltar a operar em Portugal, a partir de Lisboa, em meados de Junho.

Guias intérpretes podem aderir ao selo Clean & Safe

22-05-2020 (15h50)

Os guias intérpretes podem aderir ao selo Clean & Safe através de um programa de formação do Turismo de Portugal, que consiste numa sessão formativa de duas horas.

Portugal ultrapassa marca dos 30 mil infectados com covid-19

22-05-2020 (15h39)

Portugal teve ontem mais 288 infectados pelo novo coronavírus e ultrapassou a marca de 30 mil, com o total de 30.200 doentes com covid-19 desde o começo de Março, quando registou os primeiros casos.

Voos de/para Portugal deixam de ter lotação reduzida a partir de 1 de Junho

22-05-2020 (10h22)

Os voos de e para Portugal deixam de ter lotação de passageiros reduzida a partir de 1 de Junho, anunciou o Governo, indicando que assim está a “alinhar as regras nacionais pelas regras europeias”.

Opinião e Análise