Pandemia tirou 1,43 milhões de passageiros aos voos Espanha-Portugal só no 3º trimestre

16-10-2020 (16h29)

Foto: Ross Parmly / Unsplash
Foto: Ross Parmly / Unsplash

Os voos entre Espanha e Portugal ficaram-se por 257 mil passageiros no Verão, menos de metade do que tiveram em qualquer um dos meses da época alta de 2019, em que superaram sempre os 540 mil, enquanto este ano o máximo foi 109,5 mil em Agosto.

Dados da AENA, gestora dos aeroportos espanhóis, consultados pelo PressTUR, mostram que nos meses de Julho a Setembro os aeroportos espanhóis tiveram sempre quedas de passageiros em voos de/para Portugal acima de 80%, com 89,7% logo em Julho, 80,9% em Agosto e 83,8% em Setembro.

A quebra média foi, assim, de 84,8%, que representa uma quebra de 1,43 milhões, com menos 518,6 mil em Julho, menos 463,5 mil em Agosto e menos 453,6 mil em Setembro.

Essas quebras compreenderam decréscimos de 85,2% ou 811,6 mil passageiros em Lisboa, 83% ou 548,6 mil no Porto, 95,9% ou 37,9 mil no Funchal, 93,9% ou 34,4 mil em Faro e 99,8% ou 3,6 mil em Ponta Delgada.

Por companhias, os dados da AENA apenas permitem concluir que a TAP teve uma queda média no terceiro trimestre acima do mercado, em 88,2%, que significou um decréscimo de praticamente 495 mil passageiros.

Nos nove meses de Janeiro a Agosto, a TAP soma 433,1 mil passageiros nos seus voos de/para aeroportos espanhóis, com uma quebra em 71,1% ou 1,06 milhões.

Assim, a quebra na TAP equivale a 35,4% da quebra total de passageiros em voos de todas as companhias entre os dois países ibéricos, que está em 70,2% ou três milhões, com um total transportado de 1,27 milhões, quando no período homólogo de 2019 atingia o total de 4,27 milhões.

 

Clique para mais notícias: Aeroportos espanhóis

Clique para mais notícias: TAP

Clique para mais notícias: Aviação

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

APECATE pede regras “claras” para realização de eventos

28-10-2020 (15h50)

A Associação Portuguesa de Congressos, Animação Turística e Eventos (APECATE) pediu ao Governo através de um comunicado “orientações específicas e claras para o setor”, considerando que “o que tem ocorrido é uma análise casuística de situações”.

Portugal alcança novo máximo diário com quase 4.000 infectados com o novo coronavírus

28-10-2020 (15h19)

Portugal somou ontem mais 3.960 pessoas infectadas com o novo coronavírus, um novo recorde diário, além de mais 24 óbitos.

AM + PM investe 5,6 milhões de euros para reabilitar Forte da Barra de Aveiro para fins turísticos

28-10-2020 (15h12)

A AM + PM ganhou a concessão por 50 anos do Forte da Barra de Aveiro, em Ílhavo, através do Programa Revive, e vai investir 5,6 milhões de euros na sua reabilitação para fins turísticos.

Hoti Hotéis assina acordo amanhã para transformar Palacete dos Condes Dias Garcia em hotel

28-10-2020 (14h54)

A Hoti Hotéis assina amanhã o acordo para transformar o Palacete dos Condes Dias Garcia, em São João da Madeira, num hotel de 4-estrelas, com um investimento de cerca de quatro milhões de euros.

António Costa convoca partidos e Conselho de Ministros extraordinário para “acções imediatas” de controlo da pandemia

28-10-2020 (12h42)

O primeiro-ministro marcou com os partidos reuniões na sexta-feira e convocou para Sábado um Conselho de Ministros extraordinário para definir novas "ações imediatas" para o controlo da pandemia da covid-19 em Portugal.

Opinião e Análise