SABIR ganha concurso para transformar Quinta do Paço de Valverde em hotel

16-10-2020 (11h05)

A Universidade de Évora assina hoje com a empresa SABIR Investimentos o contrato de concessão da Quinta do Paço de Valverde, no âmbito do Programa Revive, para a transformação do imóvel numa unidade hoteleira.

“O conjunto patrimonial da Quinta do Paço de Valverde, com construção do início do século XVI e classificado como imóvel de interesse público, está integrado no Polo da Mitra” da Universidade de Évora, a alguns quilómetros da sede de concelho, explicou ontem a academia alentejana.

Com uma área bruta de construção de quase 7.500 metros quadrados, o imóvel será reconvertido numa unidade hoteleira pela empresa SABIR Investimentos, que ganhou o concurso público de concessão no âmbito do Programa Revive, acrescentou.

A cerimónia de assinatura do contrato está marcada para as 15h30 de hoje, mas é antecedida por uma visita à propriedade, uma hora antes, orientada por Filipe Themudo Barata, professor do Departamento de História da Universidade de Évora.

Na sessão, estão previstas as intervenções da reitora da Universidade de Évora, Ana Costa Freitas, da secretária de Estado do Turismo, Rita Marques, e da diretora da SABIR Investimentos, Shahenaz Sadruin Ibrahim Ali.

“A iniciativa, que decorrerá em conformidade com as recomendações de segurança da Direção-Geral da Saúde (DGS), contará ainda de alguns representantes dos organismos regionais envolvidos”, acrescentou a academia alentejana.

Segundo a Universidade de Évora, a propriedade já foi alvo de obras de recuperação, que incidiram nas capelas de S. João do Deserto, de S. Teotónio e das Penhas, e, recentemente, “recebeu financiamento para a reabilitação dos sistemas hidráulicos e a consolidação dos muros e pavimentos”, no âmbito do Programa Valorizar, dinamizado pelo Turismo de Portugal.

A quinta possui um paço episcopal, de inícios do século XVI, que serviu de local de descanso para os membros da diocese, tendo, posteriormente, sido aí fundado um convento de frades capuchos, cuja comunidade se instalou em 1517.

Na altura do lançamento do concurso público, foi divulgado que, da área a concessionar, faz parte um conjunto patrimonial constituído pela Quinta do Paço de Valverde, Capela e Claustro da Mitra, mata, várias pequenas capelas, jardim de Jericó e lago, aqueduto, sistema hídrico e horta, entre outras valências.

Após a extinção das ordens religiosas, em 1834, ficou na posse do Estado, que aí instalou um Posto Agrário, mais tarde Escola Prática de Agricultura e, depois, a Escola de Regentes Agrícolas, agregada, até hoje, à Universidade de Évora.

O Programa Revive é uma iniciativa conjunta dos ministérios da Economia, Cultura e Finanças, com a colaboração das autarquias e a coordenação do Turismo de Portugal. A iniciativa abre o património imobiliário público ao investimento privado, através da concessão da sua exploração, por concurso público, para o desenvolvimento de projectos turísticos que preservem e valorizem a identidade histórica, cultural e social do país.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para ver mais: Hotelaria

Clique para ver mais: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Ocupação da capacidade hospitalar para covid-19 ultrapassou os 80%

30-10-2020 (15h50)

A ocupação de camas de enfermaria de doentes com covid-19 situa-se nos 84%, com 81% nas Unidade de Cuidados Intensivos, verificando-se no Norte uma maior pressão sobre os hospitais, segundo o secretário de Estado da Saúde.

Porto Santo integra Rede Mundial de Reservas da Biosfera da UNESCO

30-10-2020 (15h46)

A ilha de Porto Santo, no Arquipélago da Madeira, vai integrar a Rede Mundial de Reservas da Biosfera da UNESCO, elevando para 12 o número de reservas portuguesas inscritas neste programa.

Portugal teve ontem mais 40 mortos por covid-19

30-10-2020 (14h49)

Mais 40 doentes com covid-19 faleceram durante o dia de ontem, a somar aos 2.428 que ocorreram desde o início da pandemia em Portugal até quarta-feira, pelo que o total de óbitos está próximo dos 2.500, em 2.468.

Portugal atinge novo máximo de 275 internados em cuidados intensivos

30-10-2020 (14h32)

Portugal atingiu hoje um novo máximo de 275 pessoas internadas em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI) desde o início da pandemia de covid-19, segundo a Direção-Geral da Saúde (DGS).

Airmet promove sessões com operadores turísticos para conhecer produto e debater desafios

30-10-2020 (12h49)

A Airmet vai promover durante a próxima semana sessões com operadores turísticos exclusivas para os seus associados, onde espera conhecer a estratégia destes fornecedores e a sua oferta para o próximo ano.

Opinião e Análise