V Cimeira CTP: Governo vai permitir “redução total” da força de trabalho a empresas “com perdas mais significativas”

28-09-2020 (20h29)

O Governo vai alterar o regime de apoio à retoma para que as empresas com “perdas mais significativas possam ter a redução total da sua capacidade de trabalho”, anunciou o ministro de Estado, da Economia e da Transição Digital.

O quadro legal do apoio à retoma, inicialmente, “baseava-se na ideia de que os trabalhadores teriam alguma ocupação necessária em função de uma procura mais diminuta”, mas “há empresas com perdas muito significativas onde a procura que justifique sequer a ocupação parcial não existe”, começou por dizer Pedro Siza Vieira na V Cimeira do Turismo, promovida pela CTP.

Por isso, “o regime do apoio à retoma progressiva será flexibilizado para que aquelas empresas que têm perdas mais significativas possam ter a redução total da sua capacidade de trabalho”, anunciou o ministro.

“E vamos também assegurar que para as empresas deste sector o regime de insenção de TSU que vigorou no trimestre que agora termina se continue a aplicar”, anunciou Pedro Siza Vieira, admitindo ainda que o regime “terá que ser muito provavelmente prorrogado durante o próximo ano”.

Antevendo uma “degradação violenta dos capitais próprios” das empresas, mesmo com os apoios de tesouraria, o ministro de Estado anunciou que o Governo já está a trabalhar para “encontrar soluções de capitalização para as empresas que lhes permita resolver os seus problemas de balanço durante o próximo ano”.

 

Clique para ver mais:CTP

Clique para ver mais: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Portugal ultrapassou marca dos cem mil contágios pelo novo coronavírus

19-10-2020 (17h15)

Portugal superou ontem os cem mil contágios pelo novo coronavírus, com o total de 101.860, mais 1.949 que na véspera, de acordo com a informação da DGS relativa às 24h00 de Domingo.

Espanha conserva liderança dos destinos com mais gastos de turistas portugueses

19-10-2020 (16h46)

A pandemia de covid-19 levou a uma quebra em 42,5% dos gastos em Espanha de turistas residentes em Portugal este Agosto, sem travar, no entanto, a tradicional liderança do país vizinho nos gastos turísticos dos portugueses, ainda que França tenha sido o destino que mais reforçou a sua quota.

França destrona Reino Unido e ascende a primeiro emissor para Portugal

19-10-2020 (15h34)

Em tempos de pandemia, França ascendeu à liderança dos emissores para Portugal, com os gastos dos seus residentes a atingirem 33,1% do total de receitas turísticas portuguesas no mês de Agosto e 21% no conjunto dos primeiros oito meses do ano.

NAV Portugal geriu menos 60,4% movimentos no 3º trimestre

19-10-2020 (15h20)

O prestador de serviços de navegação no espaço aéreo português geriu 89,701 movimentos no terceiro trimestre de 2020 , menos 60,4% que no período homólogo de 2019, mas quase mais 500% que no segundo trimestre deste ano.

Hyatt vai abrir um hotel nos antigos escritórios do BPI na Baixa de Lisboa

19-10-2020 (14h09)

A norte-americana Hyatt, que tem mais de 900 hotéis em 65 países, anunciou planos para abrir o primeiro hotel da marca Andaz em Lisboa, que ocupará cinco edifícios na Baixa da cidade, incluindo os antigos escritórios do BPI.

Opinião e Análise