Wynn Macau investe 1,8 mil milhões de euros em projecto de expansão

11-07-2019 (14h37)

Imagem: Wynn Palace
Imagem: Wynn Palace

A Wynn Macau anunciou um investimento de dois mil milhões de dólares (cerca de 1,8 mil milhões de euros) na primeira fase de expansão de um resort de luxo, de segundo uma informação divulgada hoje pela Bolsa de Hong Kong.

As obras de expansão do Cristal Pavilion (Pavilhão de Cristal) devem começar no final de 2021. Trata-se de um projecto – uma mega estrutura de vidro - no Cotai onde está instalado o resort Wynn Palace, prolongando-se a primeira fase dos trabalhos durante 36 meses.

A empresa estima entre sete a dez milhões de visitantes anuais. Uma das construções previstas para a primeira fase das obras é uma torre com 650 quartos, bem como uma sala de espectáculos.

A segunda fase de trabalhos integra uma nova torre, com igual número de quartos, sem que tenha sido avançada, neste caso, informação sobre datas, prazos e valores.

O Wynn Palace abriu em Agosto de 2016, um investimento que superou os quatro mil milhões de dólares.

A Wynn Resorts, o grupo norte-americano que integra o Wynn Macau, garantiu já ter investido no território asiático cerca de sete mil milhões de dólares (6,2 mil milhões de euros) desde 2002 e sublinhou que até ao final do ano espera concluir requalificações nos seus espaços no valor de 125 milhões de dólares (111 milhões de euros).

O Wynn Resorts é uma das seis concessionárias e subconcessionárias com licença para explorar casinos em Macau, o único local na China em que o jogo é legal.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para ver mais: Hotelaria

Clique para ver mais: Macau

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Madrid reconhece reabertura da fronteira terrestre com Portugal para 1 de Julho

04-06-2020 (15h43)

O Governo espanhol declarou hoje que a abertura das fronteiras à mobilidade internacional segura terá lugar a partir de 1 de Julho, e não a 22 de Junho, como tinha indicado a ministra do Turismo esta manhã.

CTP apresenta ao Governo plano de retoma com 99 medidas

04-06-2020 (15h19)

O prolongamento do lay-off simplificado até Junho de 2021 e das moratórias fiscais até final desse ano e a isenção do PEC e IMI são duas das 99 medidas reclamadas pela Confederação do Turismo de Portugal (CTP) para retoma do sector.

Pandemia de covid-19 chega em Portugal aos 1.455 mortos e 33.592 infectados

04-06-2020 (15h00)

Portugal registava às 14h00 de ontem 1.455 mortes devidas à covid-19, mais oito do que na véspera, e 33.592 infectados, mais 331, segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Direção-Geral da Saúde.

AHP diz que 2020 é “um ano perdido” para a hotelaria, apesar de “alguns balões de oxigénio”

04-06-2020 (14h34)

As expectativas da hotelaria portuguesa para o segundo semestre deste ano “não são tão negativas como se admitia”, mas “não temos dúvida que para a hotelaria vai ser substancialmente um ano perdido”, afirmou hoje a CEO da Associação da Hotelaria de Portugal (AHP), Cristina Siza Vieira.

“TAP pode contar connosco para seguir em frente”, primeiro-ministro

03-06-2020 (17h30)

O primeiro-ministro, António Costa, deixou claro hoje no Parlamento as razões do apoio do Governo à TAP, realçando nomeadamente que “é essencial para o país” em várias vertentes, além de que “é mesmo a segunda maior exportadora” portuguesa.

Opinião e Análise