Rio de Janeiro alcança novo recorde de turistas no Fim de Ano

03-01-2020 (10h12)

A cidade brasileira do Rio de Janeiro recebeu 2,9 milhões de pessoas durante as celebrações da passagem de ano, sendo que 1,7 milhões eram turistas, um número recorde, de acordo com a Prefeitura da região.

Do total de turistas, 80% eram residentes no Brasil e 20% residentes no estrangeiro.

Segundo uma sondagem realizada pela Riotur, empresa de turismo do município do Rio de Janeiro, entre os visitantes brasileiros, 29,6% eram provenientes de São Paulo, 14,1% de Goiás com e 12,5% de Rio Grande do Sul.

Os dados recolhidos revelam ainda que 59,3% dos turistas brasileiros eram do sexo masculino e 40,7% feminino.

Em relação aos turistas internacionais, sem revelar os países de origem, os dados indicam 62,1% eram do género masculino e 37,9% do feminino. 98% dos visitantes estrangeiros chegaram de avião, e 2% de navio. A avaliação da estada na cidade foi de 8,6, numa escala de 0 a 10.

A sondagem da Riotur incluiu 1.312 turistas no período de 26 a 31 de Dezembro, no posto de atendimento ao turista na praia de Copacabana.

Ainda de acordo com a prefeitura do Rio de Janeiro, a ocupação hoteleira chegou aos 100% na noite de 31 de Dezembro, com Copacabana e Leme a serem os bairros mais procurados.

Outro dos números que marcam o Réveillon carioca é o de lixo recolhido, com 762 toneladas de resíduos apanhadas, sendo 351 toneladas apenas na região de Copacabana.

No entanto, a violência fez-se sentir na entrada em 2020, com a Polícia Militar do Rio de Janeiro a ser acionada 1.086 vezes, segundo informaram as autoridades, que acrescentaram terem sido detidas 25 pessoas e apreendidas 14 armas de fogo.

Entre os casos registados está o de duas pessoas que foram atingidas por balas perdidas enquanto acompanhavam as celebrações da passagem de ano na praia de Copacabana, na Zona Sul daquela cidade brasileira, de acordo com o portal de notícias G1.

Um homem foi baleado na perna e uma mulher foi ferida no ombro, mas nem o estado de saúde, nem a identidades das vítimas foram revelados.

Ainda segundo o G1, um jovem de 22 anos foi esfaqueado ao defender a namorada de uma tentativa de assalto na marginal de Copacabana.

Vários turistas relataram situações idênticas de tentativa de roubo e de assaltos consumados.

Ainda na noite de 31 de Dezembro, uma explosão numa casa localizada na favela do Complexo do Alemão fez três mortos, e mais de uma dezena de feridos, segundo o jornal “Globo”.

A Polícia Civil está a investigar o incidente, havendo suspeitas de seria um esconderijo e laboratório do tráfico de drogas que actua na região.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para ver mais: Brasil

 

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Brussels programa voos para Lisboa, Faro e Porto em Junho

05-06-2020 (16h32)

A Brussels Airlines programou retomar os voos para vários destinos europeus a partir de Junho, incluindo Lisboa, Faro e Porto.

Açores estão desde hoje sem casos activos de covid-19

05-06-2020 (16h24)

Os Açores estão desde hoje sem casos activos de covid-19, com a recuperação, nas últimas 24 horas, da única doente que ainda estava infectada, informou a Autoridade de Saúde Regional.

Emirates anuncia extensão da rede para 29 cidades a partir de 15 de Junho

05-06-2020 (16h13)

A Emirates, maior companhia de aviação do mundo em transporte internacional de passageiros, anunciou que a partir de dia 15 vai ter voos para mais 16 cidades, entre as quais Manchester, Zurique, Viena, Amsterdão, Copenhaga e Dublin, na Europa.

Grupo Lufthansa planeia retomar 70% das rotas de longo curso até Setembro

05-06-2020 (16h08)

O Grupo Lufthansa planeia retomar até Setembro 70% das rotas de longo curso e 90% das rotas de curto e médio cursos que inicialmente tinha programado, entre as quais destaca Faro e Funchal.

Sonhando confia que a sua operação charter para Cuba vai ser “a mais bem sucedida este ano em Portugal”

05-06-2020 (15h27)

José Manuel Antunes, director-geral do operador Sonhando, está confiante que este ano, apesar do impacto da pandemia de Covid-19 nas viagens e turismo, não só vai conseguir realizar a operação charter para Cuba, como até diz ter a esperança de que será a operação de longo curso “mais bem sucedida este ano em Portugal”.

Opinião e Análise