Subida das vendas directas impulsiona aumento do preço médio dos hotéis Vila Galé em Portugal – administrador

09-01-2019 (17h58)

Foto: Vila Galé
Foto: Vila Galé

As vendas dos hotéis Vila Galé em Portugal através de canais directos cresceram cerca de 10% no ano passado e já representam 30% do total, o que impulsionou a subida do preço médio em 7%, revelou hoje o administrador do grupo Gonçalo Rebelo de Almeida.

Com os grandes operadores turísticos europeus TUI e Thomas Cook a voltarem a programar destinos como a Turquia, Tunísia e Egipto, que são concorrentes de destinos portugueses como o Algarve e a Madeira, a Vila Galé, segunda maior rede hoteleira portuguesa, perdeu algumas reservas de pacotes face a 2017, admitiu o administrador do grupo, num almoço com jornalistas hoje no Vila Galé Palácio dos Arcos.

As quebras de reservas em pacotes turísticos, porém, foram “compensadas por muitas reservas através dos canais directos” o que resultou também num “aumento do preço médio sem ter na verdade um aumento do preço médio para o consumidor final”, explicou Gonçalo Rebelo de Almeida.

Assim, sublinhou, “a mudança do canal de distribuição através do qual vieram as vendas é o principal responsável por este aumento do preço médio”.

Para o próximo ano, Gonçalo Rebelo de Almeida prevê que o peso das vendas directas continue a crescer nas reservas totais do grupo.

 

Continua:

Receitas dos hotéis Vila Galé em Portugal sobem 6,2% por aumento do preço médio - administrador

 

Clique para ver mais: Hotelaria

Clique para ver mais: Vila Galé

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Transavia retoma voos para Lisboa e Faro a 4 de Junho

26-05-2020 (12h35)

A Transavia, low cost do grupo Air France KLM, está a anunciar a retoma a 4 de Junho de voos de Amesterdão para Lisboa e para Faro.

Magnata do jogo de Macau Stanley Ho morre aos 98 anos

26-05-2020 (12h10)

O magnata do jogo de Macau Stanley Ho morreu hoje aos 98 anos, em Hong Kong, noticiou a imprensa local.

Estado alemão entra para o capital do grupo Lufthansa... mas não para mandar

26-05-2020 (11h57)

O grupo alemão Lufthansa anunciou que já tem a aprovação de um apoio estatal até nove mil milhões de euros, incluindo 4,7 mil milhões em participação societária, que descreve como “silent participation”, ou seja, que não confere o direito de “mandar”, como em Portugal é exigido pelo ministro Pedro Nuno Santos em relação a um eventual apoio à TAP.

Delta adia retoma dos voos Nova Iorque JFK – Lisboa para 16 de Julho

26-05-2020 (11h52)

A Delta Air Lines, segunda maior companhia de aviação do mundo, adiou para 16 de Julho o recomeço dos seus voos entre Nova Iorque JFK e Lisboa, segundo as alterações ao calendário que efectuou na semana passada.

CEO da TUI elogia “clareza” de Espanha sobre reabertura ao turismo

26-05-2020 (10h47)

O CEO da TUI, maior grupo turístico europeu, elogiou a “clareza” de Espanha sobre o início da temporada de férias, por garantir a “milhões de turistas” que podem fazer férias no país.

Opinião e Análise