Exposição “Tesouros Submersos do Egipto” entra nas duas últimas semanas em Madrid

07-11-2008 (22h39)

Patente até 15 de Novembro

Os portugueses que quiserem visitar a exposição mundial “Tesouros Submersos do Egipto” têm até 15 de Novembro para irem a Madrid, onde está patente no antigo matadouro Legazpi.

A exposição que já recebeu mais de 200 mil visitantes em Madrid desde que abriu a 16 de Abril, já passou por Berlim, Bona e Paris, mas Portugal não está para já no roteiro.
A capital espanhola foi a cidade ibérica escolhida, para receber a exposição de tesouros do Egipto cujos testemunhos desvendam alguns dos segredos da antiguidade, como a existência de Alexandria.
A mostra está aberta ao público todos os dias, das 10h00 às 22h00 e é o resultado de peças resgatadas do fundo do mar pela equipa do arqueólogo subaquático Franck Goddio, ao largo do porto de Alexandria e da baía de Abukir, datadas do período entre VII a. C e VIII d. C.
Ao todo, estão presentes cerca de 500 peças, da era dos faraós ao tempo de Alexandre o Grande e que mandou construir obras como a Biblioteca e o Farol de Alexandria.
Numa exibição única, o visitante poderá ver peças das regiões de Canopus, Heraclion e Alexandria, que ocupam três áreas distintas de exposição, em visita guiada ou individual, acompanhado por um audio-guia em inglês, francês, espanhol, italiano, alemão ou japonês.
Peças como a tábua “Estela de Tonis – de Heraclion”, datada de 380 A.C, a estátua de Arsínoe II, que representa Ísis-Afrodite, em granito negro, entre tantas outras raridades, podem ser descobertas pelo visitante, que tem como apoio ao longo do percurso, legendas em inglês e espanhol. Também ao longo da exposição, estão várias maquetas e ecrãs, com filmes dos trabalhos arqueológicos, que ajudam a compreender a sua importância.
A grandiosidade da exposição é personificada através de três estátuas colossais, com cinco metros de altura cada, datadas da época Ptolomaica, pesando cerca de cinco toneladas, e que são das mais impressionantes de toda a exibição, pelo tamanho e óptimo estado de conservação.
As entradas custam 11 euros para os adultos, nove euros para os jovens e seis euros para as crianças, mas as reservas podem ser feitas por telefone, internet, nos sites da exposição ou do El Corte Inglés.
O acesso pode ser feito de metro, saindo na estação de Legazpi ou de autocarro até à Praça Legazpi.
De Lisboa para Madrid, a CP tem um comboio todos os dias às 22h00, de Santa Apolónia para a estação de Chamartin. A TAP, Iberia, EasyJet e Vueling têm vários voos por dia, de e para Madrid.


Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Oceanário de Lisboa atingiu ontem um novo recorde diário de visitantes

12-12-2011 (21h37)

O Oceanário de Lisboa atingiu ontem um novo recorde de visitantes num só dia, beneficiando ter sido a “prenda de Natal” para 10,7 mil colaboradores da Volkswagen AutoEuropa e seus familiares.

Restaurante do Altis Belém tem nova carta e estreia menu de degustação de Trufa Negra

12-12-2011 (15h44)

O Restaurante Feitoria do Altis Belém Hotel & Spa, que conquistou este ano uma estrela Michelin, acaba de lançar a nova carta para a temporada de Inverno, “inspirada nos sabores fortes da terra”, que integra, pela primeira vez, um menu de degustação de Trufa Negra.

Hilton abre Hilton Nanjing Riverside à beira do Yangtze

12-12-2011 (09h45)

O Hilton Hotels & Resorts anunciou a abertura da segunda unidade em Nanjing, China, em menos de um mês. O novo Hilton Nanjing Riverside situa-se à beira do rio Yangtze e a sete quilómetros do bairro financeiro da cidade.

Ô Hotels & Resorts contrata gerente de vendas internacionais

10-12-2011 (18h17)

A cadeia hoteleira Ô Hotels & Resorts está a contratar um international hotel sales manager.

EV Viagens contrata técnica de turismo

10-12-2011 (18h15)

A EV Viagens, agência de Macedo Cavaleiros, Bragança, “ligada ao grupo Orizonia”, está a contratar uma técnica de turismo.

Opinião e Análise