resultados de pesquisa para:

Abril foi pior mês de sempre para as agência corporate brasileiras, ABRACORP

02-06-2020 (15h46)

As agências corporate brasileiras tiveram em Abril uma “queda sem precedentes” da sua actividade, informou ontem a sua associação, a ABRACORP, que enfatiza que se tratou de uma queda que “supera até mesmo os dados das semanas que sucederam ao fatídico atentado às torres gémeas, em 2001, nos EUA”.

TAP contraria tendência de quebra de vendas de grupos europeus pelas TMC brasileiras

04-12-2019 (17h13)

A TAP teve, no terceiro trimestre, o melhor desempenho entre os principais grupos aéreos europeus em vendas pelas maiores agências corporate ou travel management companies (TMC) do Brasil, de acordo com os dados da sua associação, a ABRACORP.

TAP recupera vendas nas agências corporates brasileiras via tarifa média

04-12-2019 (16h56)

A TAP teve um aumento em 18,7% da tarifa média dos bilhetes vendidos através das agências corporate brasileiras no terceiro trimestre, o que lhe permitiu ter um aumento em 6,6% da receita deste segmento de mercado ainda que com mais uma queda do número de bilhetes vendidos.

Vendas de TAP pelas agências corporate brasileiras caem 13,2% no primeiro semestre

24-07-2019 (18h35)

As vendas de voos TAP pelas agências corporate brasileira associadas da ABRACORP caíram 13,2% no primeiro semestre e reduziram a quota de vendas da companhia portuguesa, nº 1 em oferta de ligações entre o Brasil e a Europa, para 3,7%, de acordo com os dados avançados pela associação à imprensa brasileira.

TAP volta a ter a queda mais forte de vendas de bilhetes pelas agências corporate brasileiras

16-05-2019 (23h04)

A TAP foi a companhia que teve a mais forte quebra do número de bilhetes vendidos pelas agências de viagens corporate brasileiras membros da ABRACORP no primeiro trimestre, com um decréscimo em 28%, que compara com uma quebra média das vendas de voos internacionais pelas suas 29 associadas de 0,6%.

Avianca Brasil suspensa do BSP

16-05-2019 (21h16)

A IATA comunicou ao mercado brasileiro que suspendeu do BSP a Avianca Brasil, marca sob a qual operava a Ocean Air, e, de acordo com o “Panrotas”, recomendou às agências de viagens que liquidem directamente com a equipa comercial da companhia todas as contas em aberto, incluindo vendas pendentes e reclamações de reembolso, assim como quaisquer transacções futuras.

TAP foi a companhia de aviação que mais caiu nas vendas das agências corporate brasileiras em 2018

01-03-2019 (17h09)

As vendas de voos TAP pelas agências de viagens corporate brasileiras baixaram 14,6 milhões de reais (-11,5%) em 2018, no que foi a maior quebra entre 29 companhias com dados publicados pela ABRACORP, associação que reúne as maiores TMC brasileiras.

Opinião e Análise