Portugal volta a ter um restaurante nos 50 melhores do mundo — o Belcanto de José Avillez

25-06-2019 (19h34)

Homepage do belcanto.pt/PT/
Homepage do belcanto.pt/PT/

O Belcanto de José Avillez foi classificado como o 42º melhor restaurante do mundo na lista The World’s 50 Best Restaurants divulgada hoje e que é encabeçada pelo francês Mirazur.

Portugal já não tinha um restaurante nos 50 Best desde que em 2014 o Vila Joya, em Albufeira, figurou na 22ª posição.

O Mirazur, em Menton, sul de França, subiu da terceira posição, no ano passado, depois de ter também conquistado a terceira estrela do guia Michelin.

Há 10 anos na lista dos 50 melhores, o restaurante conta, segundo assinala a organização do prémio, com uma “equipa de cozinheiros escandalosamente talentosos”, liderada pelo argentino Mauro Colagreco.

Em segundo lugar ficou o Noma, agora com uma nova localização, na ilha de Refshalevej, na capital dinamarquesa, e que foi líder da lista nos anos de 2010, 2011, 2012 e 2014.

“O Noma original foi, sem dúvida, um dos restaurantes mais importantes da sua geração. Com a sua comida, René Redzepi desenvolveu um novo género de cozinha”, comenta a organização, na descrição da lista dos premiados.

Segue-se o Asador Etxabarri (Axpe, norte de Espanha), cujo chef Victor Arguinzoniz “tem a notável capacidade de obter sabores explosivos de ingredientes aparentemente simples, a maioria dos quais grelhados”.

Na cerimónia esteve presente o chef português José Avillez, cujo restaurante Belcanto (Lisboa, com duas estrelas Michelin), subiu da 75.ª posição para a 42.ª, entrando pela primeira vez na lista dos 50 Best.

“É uma grande honra receber esta distinção; é uma distinção para a equipa, uma equipa muito grande que trabalha todos os dias para sermos melhores”, disse à Lusa o chef português.

O prémio, acrescentou, “é para o Belcanto”, mas também para “a gastronomia portuguesa, para Lisboa, para pôr a gastronomia [portuguesa] no mapa”.

“Um estabelecimento lendário que abriu as suas portas como um clube para homens em 1958, o ‘chef’ José Avillez pegou no leme do Belcanto em 2012. Sob a sua navegação culinária, o restaurante mereceu a sua primeira estrela Michelin nesse ano; uma segunda seguiu-se apenas dois anos depois”, refere a organização, que descreve a cozinha de Avillez como fazendo “um uso total da costa portuguesa”.

A escolha dos melhores restaurantes do mundo faz-se, todos os anos, desde 2002, contando com os contributos de mais de mil especialistas em gastronomia e procura “revelar alguns dos melhores destinos para experiências culinárias únicas, além de ser um barómetro para tendências gastronómicas globais”, segundo os promotores da lista dos 50 melhores restaurantes da lista.

(PressTUR com Agência Lusa)

 

Clique para mais notícias: Gastronomia

Clique para mais notícias: Portugal

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Bairro Alto Hotel reabre terraços e restaurante

01-09-2020 (16h51)

O Bairro Alto Hotel, no Largo Camões em Lisboa, reabriu esta terça-feira, 1 de Setembro, o restaurante BAHR, o BAHR Terraço e o Rooftop, e oferece serviço de take away.

Sky Bar Carvoeiro abre para o Verão com novidades na carta

11-08-2020 (16h27)

O Sky Bar Carvoeiro, no Tivoli Carvoeiro em Vale de Covo no Algarve, reabriu para a temporada de Verão com a sua carta renovada.

Sopa da Pedra e Caralhotas de Almeirim conquistam certificações

07-08-2020 (17h50)

A Sopa da Pedra e as Caralhotas de Almeirim (pão pequeno cozido no forno a lenha) conquistaram selos de certificação em Portugal, anunciou o município de Almeirim, apontando um "reconhecimento da genuinidade" e uma "mais valia económica e turística".

Vila Galé organiza brunches, refeições temáticas e noites de ópera e poesia

28-07-2020 (13h41)

O Grupo Vila Galé está a retomar as suas iniciativas gastronómicas como os brunches de Domingo, os buffets, as refeições temáticas, bem como a animação das noites de ópera e de poesia.

Rota de "Petiscos & Rabiscos" em Coimbra decorre amanhã e sexta-feira

22-07-2020 (08h13)

A Agência para a Promoção da Baixa de Coimbra (APBC) está a promover a iniciativa “Petiscos & Rabiscos”, um evento que decorre amanhã e sexta-feira e que permite, por 16 euros, o consumo de um petisco em cada um dos 16 cafés, bares e restaurantes aderentes.

Opinião e Análise