Romerías de Mayo: a cidade de Holguín em festa

29-05-2017 (13h24)

A cidade de Holguín, em Cuba, festeja anualmente as Romerías de Mayo, um evento que começou por ser de cariz religioso e que actualmente abrange as componentes de tradição holguinera, demonstrações de cultura local, nacional e internacional, e uma série de actividades de entretenimento.

As Romerías de Mayo deste ano decorreram entre 2 e 8 de Maio, com desfiles com carros alegóricos, performances de artistas cubanos e internacionais de diferentes áreas, concertos, palestras, entre outros.

As Romerías de Mayo, cuja origem data de 1790, contam com apoio e organização da Associação “Hermanos Saíz”, que acrescentou ao festival o mote da união entre o tradicional e o moderno com o lema “porque no hay hoy sin ayer” (porque não existe hoje sem ontem).

Holguín foi constituída cidade em 1752 e no dia 3 de Maio de 1790 o frade franciscano António José de Alegre, conhecido por “Alegría”, ergueu uma cruz no topo da montanha conhecida como Cerro Bayado.

Este costume religioso dos colonos espanhóis, colocar uma cruz em pontos elevados junto às cidades, também revela o Norte geográfico da cidade de Holguín e tem uma altura de 261 metros acima do nível do mar.

A partir desse dia, a montanha Cerro Bayado passou a ser conhecida como Loma de La Cruz e a receber cidadãos de Holguín que subiam a encosta até ao topo para pagar promessas ou pedir desejos junto da cruz.

A data de 3 de Maio está associada ao dia em que Santa Helena, mãe do imperador Constantino o Grande, conhecido por ter adoptado o Cristianismo como a religião oficial do Império Romano, encontrou a cruz na qual Jesus Cristo foi crucificado, durante as suas peregrinações.

O ritual começou a ser celebrado anualmente com uma procissão entre a Igreja de São Isidoro e a Loma de La Cruz, no topo decorria uma missa e quando esta terminava, tinha início uma festa que durava até ao dia seguinte.

No dia 28 de Janeiro de 1927, começou o projecto para a construção de uma escadaria até ao topo da Loma de La Cruz que incluiu também toda a estrutura de miradouro no topo.

As obras foram sugeridas pelo historiador holguinero Oscar Albanés e suportadas pela população da cidade, que se mobilizou com uma série de actividades para angariar dinheiro com o intuito de financiar o projecto do arquitecto Vicente Biosca.

As obras ficaram concluídas no dia 3 de Maio de 1950, dia em que se colocou a nova cruz que substituia a original, que se encontrava deteriorada.

A cruz colocada em 1950 acabou por ser atingida por um relâmpago, ocorrência que é associada ao facto de esta não ter sido abençoada no topo da montanha. O bispo da Catedral de San Isidoro de Holguín não estava em condições de saúde para subir ao topo, o que o obrigou a fazer o ritual na encosta.

Nos anos 90 é colocada uma terceira cruz, que tem a particularidade de ser feita do mesmo material da original, madeira de caguairán, característica dos bosques de Bariay.

A Loma de La Cruz, considerada Monumento Histórico Arqueológico Colonial de Cuba, conta com 458 degraus na sua escadaria, com plataformas para descanso entre o sopé e o topo, onde se encontra um miradouro que oferece uma vista privilegiada sobre a cidade, uma torre e um restaurante. A subida também pode ser feita por estrada, caminhando ou de automóvel.

O Papa Francisco, no dia 21 de Setembro de 2015, abençoou a cidade de Holguín e o seu povo desde o alto da Loma de La Cruz.


As Romerías de Mayo

O arranque das festividades é assinalado à meia-noite do dia 2 de Maio com um desfile de carros alegóricos entre o Parque Central de Holguín e o Bosque dos Heróis.

O desfile inaugural, porém, decorre no dia 3 de Maio, com uma série de artistas cubanos e estrangeiros a transportar em carros alegóricos a “Hacha de Holguín” (símbolo da cidade) e envolve toda a cidade, que termina o dia em festa no topo da Loma de La Cruz, onde se encontra um palco para concertos.

As Romerías de Mayo decorrem até 8 de Maio, dia em que a “Hacha de Holguín” é transportada desde o topo da Loma de La Cruz até ao edifício mais alto da parte nova da cidade de Hoguín.

No último dia das Romerías também é plantada uma árvore, um ritual que somboliza a continuidade do evento.


O PressTUR visitou Cuba a convite do Ministério de Turismo de Cuba


Clique para ver mais: Caraíbas

Clique para ver mais: Actividades

Clique para mais notícias: Cuba

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Vendas Novas promove “fins de semana gastronómicos” para ajudar restauração

10-07-2020 (13h31)

Mais de 20 restaurantes de Vendas Novas (Évora) participam este mês na iniciativa "fins de semana gastronómicos", organizada pelo município para ajudar o sector da restauração, um dos "mais afectados" pela pandemia de covid-19, foi hoje divulgado.

Charters para as Caraíbas cancelados em Julho e Agosto

08-07-2020 (18h44)

As praias e resorts das Caraíbas, tanto da Dominicana como do México e de Cuba, que todos os anos atraem milhares de portugueses que viajam com pacotes turísticos, este ano não os vão ter, pelo menos nos meses de ‘pico’ de Verão, pois os voos charter já estão cancelados.

4Tours propõe circuitos guiados “Pelos Caminhos de Portugal”

08-07-2020 (18h37)

A 4Tours Operador Turístico lançou para o mercado a sua programação de circuitos guiados "Pelos Caminhos de Portugal", viagens de três ou quatro dias com tudo incluído desde 365 euros por pessoa.

Sonhando lança “oportunidade única” para voo Lisboa – Bissau no Domingo

08-07-2020 (14h27)

O operador turístico Sonhando lançou hoje uma promoção para um voo Lisboa – Bissau no Domingo, dia 12, que classifica de “oportunidade única”, com preços por pessoa desde 370 euros, mais 27,20 euros de taxas.

Museu do Louvre reabre com medidas de segurança

07-07-2020 (17h06)

O Museu do Louvre reabriu, depois de cerca de três meses e meio encerrado, com uma série de medidas de segurança como o uso de máscara obrigatório, circuito de sentido único pelas exposições, e reservas para estar na companhia da Mona Lisa.

Opinião e Análise