Royal Air Maroc oferece bagagem extra em voos para África de Lisboa e Porto

07-03-2019 (16h47)

Foto: Royal Air Maroc
Foto: Royal Air Maroc

A companhia de aviação marroquina Royal Air Maroc anunciou que está a oferecer o transporte de um volume de bagagem extra nos seus voos de Lisboa e do Porto para vários destinos em África.

A campanha, que possibilita o transporte de três volumes de bagagem de 23kg, é válida para vendas até 31 de Março e para viagens para Luanda, Bissau, Praia, Dakar, Conakry, Nouakchott, Abidjan, Accra, Lagos, Banjul, Malabo, Freetown, Monrovia, Cotonou, Lomé e Ndjamena.

 

Clique para ver mais: Promoções

Clique para ver mais: Royal Air Maroc

Share
Tweet
+1
Share
Comentários
Escrever comentário

Outras Notícias

Vila Galé lança ofertas para estadas de longa duração em Sintra

05-06-2020 (17h40)

A Vila Galé anunciou que já tem à venda estadas longas nos apartamentos associados ao hotel Vila Galé Sintra, incluindo T2 de 130 metros quadrados para seis pessoas e T3 de 272 metros quadrados para oito pessoas.

Solférias anuncia propostas para férias em vilas isoladas com piscina

05-06-2020 (17h30)

O operador turístico Solférias acrescentou propostas à sua programação para férias em Portugal, destacando ofertas para vilas isoladas com piscina privativa no Algarve.

The Magnolia Hotel reabre a 22 de Junho com oferta para quem faz viagens até ao Algarve

05-06-2020 (16h45)

O boutique hotel de 4-estrelas The Magnolia Hotel vai reabrir no dia 22 de Junho com a oferta de um voucher no valor dos custos de viagem de deslocação dos hóspedes até ao Algarve.

Jolidey já vende Caraíbas e Ilhas Espanholas para viagens a partir de Julho

05-06-2020 (12h23)

O operador turístico Jolidey anunciou ao mercado que vai retomar no dia 15 de Julho as suas operações para Cancún, Punta Cana, Varadero, Maiorca, Menorca e Tenerife.

Porto Food Week regressa com uma 'safe edition'

04-06-2020 (13h12)

A 2ª edição da Porto Food Week vai decorrer entre 12 e 20 de Junho com 16 restaurantes participantes e mais de 20 chefs.

Opinião e Análise